sexta-feira, 19 de maio de 2017

Situação-problema

Juvenil é um servidor público Federal e gestor de contratos administrativos. Uma de suas atribuições é atestar as notas fiscais referentes aos serviços prestados ao órgão com carimbo de ateste e assinatura. Tendo em vista a grande quantidade de notas fiscais a serem atestadas, Juvenil digitalizou sua assinatura e o carimbo e elaborou uma maneira de imprimi-los nas notas fiscais recebidas para posterior encaminhamento à unidade responsável pelo pagamento da empresa prestadora de serviços.

De acordo com a situação-problema, podemos concluir que esses documentos são autênticos e verídicos?

Plano de classificação - Solicitação para transferência obrigatória de curso


quinta-feira, 18 de maio de 2017

Resposta à situação problema do grupo "De volta para o passado"


Daniel é estudante de Arquivologia na Universidade de Brasília e recentemente foi contratado para estagiar no Arquivo Público do DF. Foi lhe informado que era necessário uma declaração de matrícula emitida pela Universidade para finalizar a sua contratação. Daniel foi até à FCI e solicitou a declaração e a recebeu na mesma hora. Logo que chegou em casa, notou que seu sobrenome estava com uma letra a mais e não havia mais tempo para ele ir à secretaria do curso solicitar a correção. Então ele decidiu alterar no computador o seu sobrenome por conta própria para no dia seguinte de manhã levar ao estágio.

A assinatura e carimbo do servidor da UnB estavam presentes no documento após a alteração e a assinatura de Daniel também, então podemos dizer que este documento é autentico e verídico?

RESPOSTA:

O referido documento, que Daniel entrega no Arquivo Público do DF, a fim de comprovar ser aluno regular da Universidade de Brasília, É VERÍDICO, pois todas as informações nele contidas são verdadeiras, porém ele NÃO É UM DOCUMENTO AUTÊNTICO, pois foi alterado, e perdeu as características de sua forma tradicional, como o carimbo de pressão (que passou provavelmente foi digitalizado e então impresso). No blog de Diplomática e Tipologia, num post de 2010, há uma explicação muito bem elaborada sobre essa questão:


“Autenticidade e veracidade são características documentais complementares, que tendem a serem confundidas pelo senso comum. A autenticidade diz respeito à geração de um documento e às qualidades que o legitimam para que ele possa exercer a plenitude de sua função administrativa, inclusive em termos legais. Por exemplo, as decisões de uma reunião somente terão valor efetivo se forem anotadas em uma ata e se a referida ata estiver revestida de autenticidade, ou seja, se realmente for resultante daquela reunião e se realmente tiver sido aprovada pelos participantes da reunião, devidamente registrada e contar com o tipo adequado de informações dispostas de modo tradicional (para atas). Eventualmente, a mesma reunião pode ter tomado decisões que não se efetivaram ou ter incorrido em erro na análise de algum assunto. Os aspectos referentes ao conteúdo do documento dizem respeito à veracidade e não podem ser confundidos com a autenticidade. Por mais que uma ata não espelhe exatamente o ocorrido na reunião (por exemplo, a informação sobre um participante que erroneamente foi dado como ausente), se ela seguiu todos os trâmites normais para a sua aprovação ela será sempre autêntica, mesmo que parte de sua informação não seja verídica.”

Plano de classificação – Fundo “Os forasteiros” (Representação horizontal)


A tabela abaixo representa um plano de classificação a partir de um código. Desta forma contém as mesmas atividades postadas anteriormente, porém de uma forma diferente.


,

Plano de classificação – Fundo “Os Forasteiros”


A tabela abaixo consiste em proporcionar o conteúdo criado pelo grupo, assim representamos as atividades que foram produzidas juntamente com os documentos, especificando então as funções e espécies para a construção deste blog na integra.




sexta-feira, 12 de maio de 2017

A importância da Diplomática para a Arquivologia

A função basilar da Diplomática Documental é a análise formal dos componentes intrínsecos e extrínsecos de um documento, a fim de identificar atributos essenciais para a declaração de sua autenticidade. A partir dessa função, sendo o documento autêntico, a disciplina ajuda a entender o trâmite de um documento dentro da organização e a identificar se ele é realmente aquilo que diz ser, evitando fraudes e adulterações.

ATIVIDADE REALIZADA POR LUCAS PEREIRA.

A importância da Diplomática para a Arquivologia

Atividade individual:

A diplomática tem um papel fundamental na organização dos arquivos, sejam eles públicos ou privados, pois ela vai analisar os tipos de documentos, aspectos como sinais de validação, seu tramite, uso e função, vimos como isso pode ser importante em um trabalho como o da Daniella por exemplo, em que determinar a autenticidade dos documentos era fundamental para descobrir a fraude, com a diplomática contemporânea podemos analisar não só os sinais de validação de um documento, mas também sua relação com outros documentos, seu tramite e seu uso para organização, a diplomática permite analisar os documentos como parte de um todo e não como forma isolada, o que é fundamental na organização de um arquivo, e é de suma importância que o arquivista tenha a visão de um todo e não meros documentos isolados.

ATIVIDADE REALIZADA POR PAULO MARCELO MAGALHÃES.

Situação-problema

Juvenil é um servidor público Federal e gestor de contratos administrativos. Uma de suas atribuições é atestar as notas fiscais referentes a...